domingo, 23 de novembro de 2014

Do que não tem cabimento...

Ilustração: Mônica Crema
Cabe tanto de você no meu sorriso.
Nos olhos fechados cabem as lembranças.
Caberia sua mão na minha.
Caberia seu abraço no meu.
Mas a saudade... Essa já não cabe.
Evade.