terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Achados e perdidos

Foi quando abri as minhas gavetas de dentro e achei aquela menina travesa de tranças, guardada lá no fundo, com o mesmo sorriso de luz, apesar do tempo, apesar da poeira, apesar de tudo. As vezes a criança que habita em nós precisa sair da gaveta pra nos lembrar que não é preciso ter braços tão longos para abraçar a felicidade.

(Karla Thayse Mendes)