terça-feira, 3 de abril de 2012

Meu trevo de quatro folhas...


Ilustração: Wallcoo
Levava comigo esperanças minguantes e já havia suspendido as buscas devido à incredulidade no amor.  Foi quando, numa manhã clarinha de Sol, achei você no quintal do mundo, especial entre tantos outros comuns.  Desde então, carrego você comigo no bolso da camisa listrada, pertinho do coração. Minha sorte, meu trevo de quatro folhas, meu infinito amor.

(Karla Thayse Mendes - 10/03/12)

3 comentários:

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]