terça-feira, 3 de abril de 2012

Discutindo a relação (Série Agridoce VIII)

Ilustração: Viria 13 DeviantArt
Odeio quando tento discutir a relação e você me cala com um beijo. Odeio quando tento colocar o ponto final e lá vem você com vírgulas e reticências. Quando me aperta contra a parede, todas as interrogações deixam de ser e eu sou só exclamações. Escreve com a língua no meu corpo de texto e faz poesia em mim com teu jeito louco de me amar. Vem com olhar de fera e fala grosso quem manda no pedaço e em cada pedacinho meu. E eu aceito que sou tua, nua, baixo a guarda e amoleço. Desfaleço entre teus dedos quando me viras pelo avesso, amo, enlouqueço e tudo volta ao começo.

(Karla Thayse Mendes - 09/03/12)

6 comentários:

  1. Encantador, simplesmente. Falar que me identifiquei seria pouco demais...

    ResponderExcluir
  2. Karla, você é excelenteeeeee!!!!! Obrigado por me permitir conhecê-la. Bjs do ZC

    ResponderExcluir
  3. O jeito é deixar o amor se compor...

    beeeijos

    ResponderExcluir
  4. Eu não posso ler essas coisas... Eu não posso... eu não posso... #Solidão

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha de texto, me imaginei o ''eu lírico'' da prosa.
    Estou seguindo! Adorei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Até que ponto podemos viver de palavras oprimidas...

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]