segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Meu céu é você...

Ilustração: Wallcoo
De manhãzinha acordo com a luz dos teus olhos a me iluminar
e ao cair da noite adormeço no céu da tua boca.

(Karla Thayse - 10/08/11)

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Esconde-esconde...

Ilustração: Wallcoo
Tenho me escondido de tudo que me machuca,
de tudo que que me tira o sono
e que me faz chorar.
Tenho me escondido de te amar.

(Karla Thayse Mendes- 10/08/11)

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Das coisas que eu não lembro mais...

Ilustração: Wallcoo

Joguei fora retratos, cartas e presentes, esqueci a data do nosso primeiro beijo. Apaguei do coração juras, promessas e sentimentos bons. Já nem lembro bem em que braço ficava aquela tua tatuagem e nem em que lado da cama tu gostavas mais de dormir. Esqueci o número do teu telefone, teu sabor de sorvete preferido e de como fazias sentir-me a mulher mais especial entre todas as outras do mundo. Esqueci de como era bom dormir e acordar em teus braços, não lembro mais do som do teu riso e nem do apelido pelo qual só tu me chamavas. Não penso em ti antes de dormir, nem ao acordar e nem a cada minuto do dia. Não sinto mais nada quando passo pela nossa praça e nem sinto saudades quando sento no nosso banco (sozinha). Esqueci o tom do verde dos teus olhos, esqueci daquela cicatriz. Esqueci que escrevi todos aqueles poemas para ti e não tenho a menor lembrança de como era bom te amar. Esqueço que minto e minto todos os dias para mim, assim.

(Karla Thayse Mendes - 10/08/11)

"Vamos fazer assim: você não existe que eu não te desejo"

[Caio F. Abreu]


sábado, 6 de agosto de 2011

Metamorfose...

Ilustração: Honor Bowden
Eu borboleta,
saí do casulo de amar você
e voei.

(Karla Thayse Mendes- 06/08/11)

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Labirinto...

Ilustração: Wallcoo

Entrei no teu labirinto
e me perdi tentando te encontrar,
agora eu não sinto
vontade nenhuma de voltar.

Não deixei rastros
pra esquecer a saída,
quero morar em teus braços
por toda a minha vida.

Caio em tuas armadilhas
e desvendo os teus segredos,
caminho por tuas trilhas
e me perco nos teus becos.

Não liberte-me por favor,
Deixa-me presa aqui.
Perdida de amor
Dentro de ti.

(Karla Thayse Mendes - 01/08/11) 


"Vou olhar os caminhos, 
o que tiver mais coração eu sigo."

[Caio F.]