segunda-feira, 18 de abril de 2011

Armas no chão, amor no coração...

Ilustração: Wallcoo




Nessas noites frias cubro-me com uma saudade remendada e sonho contigo. Tem sido tão difícil reaprender a dormir sem o teu pé acariciando o meu, tem sido tão difícil acordar sem a luz do teu sorriso. E eu deito e levanto te amando, todas as noites e todos os dias, por todo esse tempo. Assim tem sido e assim será. Não dá pra lutar contra o amor, ele sempre vence! Aprendi isso lutando. Então eu joguei as armas no chão, levantei os braços e me rendi. 

Sou tua, pode me levar!

(Karla Thayse Mendes - 17/04/11)

“Talvez eu nem tenha tido alternativa, 
o meu coração leva tão a sério essa coisa de livre arbítrio 
que não me deixou dar muito palpite 
quando escolheu amar você pela vida inteira.” 

[Flávia Brito]



sábado, 16 de abril de 2011

Dos restos...

Ilustração: Fragmentos

O que restou? 
Uma saudade dolorida, 
lembranças distantes, 
vontade dos sonhos que não vivi 
e uma dúzia de cartas bonitas guardadas numa caixa vermelha.

(Karla Thayse Mendes - 21/03/11)



"Impossível devolver a linha ao novelo 
depois que a consciência já teceu novos caminhos."

[Ana jácomo]

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Sapato apertado



Ilustração: Cléo
Insistir em um amor não correspondido é como calçar  um sapato que não te cabe mais. Aperta, machuca, sangra e deixa feridas que só o tempo é capaz de curar. Então, descalça-te! Estejas de pés e coração livres para calçar um amor que tenha o teu número. Na hora certa ele há de chegar...

(Karla Thayse Mendes - 02/04/11)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Temperatura mínima...

Ilustração: Thales Mion

Tomei um café e fui deitar enrolada no meu edredom mais quente, tremi.  Levantei, fechei todas as janelas de casa e sentei-me ao lado da lareira acesa. Lembrei de nós dois e de como você me envolvia naquele abraço quentinho, lembrei dos seus beijos ardentes, lembrei do nosso amor. É noite de verão e não há corrente de ar frio por aqui. Enquanto lá fora os termômetros registram 28⁰, aqui dentro, nem fogo nem agasalhos me aquecem. Vem e me cobre de amor, eu to com frio é de você!

(Karla Thayse Mendes - 01/04/11) 

"Saudades no coração
roupas de frio no verão."

[♪ Ludov]

segunda-feira, 4 de abril de 2011

As cores do dia...


Ilustração: Wallcoo

E se o dia acordar cinzento 
a gente pinta o céu de um azul-felicidade 
e desenha um arco-íris no cantinho direito da página.

(Karla Thayse Mendes - 02/04/11)