sexta-feira, 1 de julho de 2011

Poeti(eu)zando

Ilustração: Hay Abigail
Quando me apanhas na estante, sorrio em versos e rimas. E se me tocas com cuidado, deixo-me ler. Pode passear pelas minhas linhas e apreciar minhas estrofes. Só não saia do meu ritmo nem te perca na minha métrica. Tente folhear minha essência... E se desvendares as minhas rimas raras, sentirás toda a emoção em redondilha maior. Palavras pulsam em meu coração, escorre poesia em minhas veias. Declama-me!

(Karla Thayse Mendes - 22/03/11)


 "A poesia é o sentimento que sobra ao coração e sai pela mão."
 

[Carmen Conde]

10 comentários:

  1. Lindíssimo, pra variar.
    Enquanto tava lendo me arrepiei, juro.
    beijo ! ^^

    me segue : http://omundodetair.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Karla!
    A riqueza de seus versos me encanta!
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  3. Perfect! Deu vontade de ler esse livro tão precioso!!!

    ResponderExcluir
  4. Oii, obrigadaa por ter me reconhecido em meio aos seus poemas, admirando suas palavras. São doces, encantadoras... Adorei seu blog!
    Estou seguindoo, visitarei sempree. Gosto de ver como você descreve os sentimentos...
    Ótimo final de semana pra você também, beijos

    ResponderExcluir
  5. Versos, rimas, ritmo, métrica...perfeito!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  6. Belas palavras aqui deixadas com amor e poesia!
    Gostei imenso!

    ResponderExcluir
  7. benditos livros: fiéis companheiros.



    =)

    lindo demais seu post.
    bjsmeus

    ResponderExcluir
  8. Adoro essas poesias sobre poetas se poetisando e se sentindo como tal deve ser...assim tem que ser!!! em verso e prosa a gente sente, respira e domina! Muito bom!

    bjs

    ResponderExcluir
  9. E não esqueça de buscar as entrelinhas.

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]