sábado, 14 de maio de 2011

Café sem açúcar...

Ilustração: Wallcoo

Não sabiam dizer ao certo o que fez com que se perdessem um do outro nem em que trecho da estrada isso foi acontecer, o fato é que seus corações já não batiam no mesmo compasso. Não havia mais aquele brilho nos olhos de outrora, ele não compunha mais lindas canções de amor, ela já não enfeitava mais os cabelos com flores. Toda manhã sentavam à mesa e tomavam café em silêncio, um silêncio tão triste de solidão a dois... Viveram dias frios, presos nas lembranças do que foram. Mal sabiam que não se empurra o amor com a barriga, ele é que carrega a gente no colo. Naqueles dias amargos eles perceberam que quando o amor acaba  fica ainda um gosto de café sem açúcar na boca.

(Karla Thayse Mendes - 18/04/11)


15 comentários:

  1. Desejo a todosuma semana bem docinha!

    Beeijos meus.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, me revejo nessas palavras. Tudo parece terminar com um gosto amargo mas depois... virá algo mais doce.
    Um beijo *

    ResponderExcluir
  3. Sim, o amor nos carrega nos colo, nos nina...vela nosso sono.
    Que belo escrito! Um beijo cheio de carinho!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lindinha! Muito doce seu espaço. Vim pra conhecer, acabei sentando e tomando um café (expresso com leite/adoçante) Vai ser folgada assim lá longe né!
    Seu ´post está uma realidade nua e crua. Adorei qdo diz que 'não se empurra o amor com a barriga, o amor que carrega a gente no colo...' Doce sabedoria!

    bj.

    Catita

    ResponderExcluir
  5. Essa é a parte onde começa o fim , e é uma parte tão amarga e dolorida. o dificil é conseguir falar que já nao dá mas para simplismente ir levando.

    ResponderExcluir
  6. "Valsinha" Chico Buarque e Vinicius de Moraes. Lembrou-me

    ResponderExcluir
  7. Minha vontade ao ler suas palavras foi de pegar cada personagem no colo, ninar até passar a dor e coloca-los juntos novamente, para apreciarem o doce de uma novo começo!

    ResponderExcluir
  8. O momento triste e sem sabor esse do amor...lindo texto moça! Seus escritos tb me encantam viu?! Volte sempre!

    ResponderExcluir
  9. Q blog hein ! POCADO . AMEI .
    Q inspiração. De onde vem. Me conta !
    Parabéns flor. Maravilhoso.
    Meu cantinho está esperando sua visita
    http://brechomariiaboniita.blogspot.com/
    Bjos da Lú
    seguindo :D

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida
    Pra mim não seria ruim pois só tomo café sem açúcar...
    Bjs de paz e ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  11. Deve ser triste o terminar de um amor...solidão a dois, é a encruzilhada de um caminho que pretendia ser percorrido de mãos dadas1
    Beijo e boa semana.
    Graça

    ResponderExcluir
  12. Olá Karla
    Antes de mais ...parabéns pelo blogue ! :)

    gostei do que li ...

    Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB- Digital Video Book ,de saber a sua opinião e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

    "Transformamos" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não), num DVB- uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

    O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

    http://pastelariaestudios.blogspot.com/


    É exactamente isso! os seus poemas seriam " trabalhados " em DVB . Um livro que se vê como um filme!


    Não se trata do mesmo funcionamento de uma editora "normal", pois não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo.

    A minha sugestão seria, enviar-nos a sua obra, e nós faremos uma análise e um orçamento de custos.

    Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas, mesmo que essas estejam ainda na 'gaveta' ...



    Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida ...estamos por aqui.

    Um abraço,

    pastelariaestudios@gmail.com

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]