domingo, 5 de dezembro de 2010

Coração berimbau...

Ilustração: Wolney Fernandes

Me chamou pela mão pra o meio da roda de capoeira.
e quando eu me distraí levei uma rasteira.

Deu um nó na minha cabeça com o seu cordão colorido
e me envolveu com o seu gingado bonito.

E se tocou meu coração como toca o berimbau, não faz mal!
Joga comigo que eu jogo contigo no mesmo astral.

"Paranauê, paranauê, paraná", me leva no teu jogo de angola
que eu me jogo nesse jogo de amar.

(Karla Thayse Mendes - 05/12/10)