sábado, 31 de julho de 2010

Desamar...

Ilustração: Patrícia Metola

Devia de ser mais fácil desamar Sinhá,
tirar ocê daqui de dentro.
Mas aquele beijo debaixo do luar
num  sai do meu pensamento.

Eu inté já mandei sardade me largar Sinhá,
se mandar num pé de vento.
Pra mode essa minha dor sarar
e ter um fim o meu tormento.

(Karla Thayse Mendes - 28/07/10)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

O vestido da sorte...

Toda vez que me vem um surto de monotonia eu arrumo o guarda-roupas. Pode parecer estranho, mas sempre que eu sinto uma necessidade repentina de mudança em minha vida, sento no chão e organizo todas as gavetas, por mais arrumadas que elas já estejam. Eu desfaço tudo, retiro todas as roupas e em seguida coloco-as de volta nas gavetas mudando tudo de lugar. Para mim é como se fosse um primeiro passo, entende? E na maioria das vezes funciona.

E hoje ali, sentada no chão do meu quarto, encontrei dobradinho lá no fundo da gaveta, aquele vestido florido, lindo... esquecido lá dentro. Estava vestindo ele na noite de lua crescente em que conheci aquele moço bonito, era o meu "vestido da sorte". Naquele instante, com o vestido nos braços, vieram até mim todas as lembranças e ilusões nas quais acreditei um dia, e acreditei com todo o meu coração.

Dobrei-o e coloquei-o de volta na gaveta. Depois do fim daquele sonho, nunca tive coragem de usá-lo outra vez, nunca consegui  livrar-me dele também. É como se um pedaço daquele moço ainda estivesse ali, vivo por entre os babados e as flores coloridas, dentro da minha gaveta... dentro de mim.

(Karla Thayse Mendes - 28/07/10)

terça-feira, 20 de julho de 2010

Casinha de abraço...

Ilustração: Patrícia Metola
Quem tem amigos nunca fica desabrigado.
Abraço de amigo é casinha em dia de chuva.
Tem abraço que é feito de palha
e faz um barulhinho tão bom quando o vento bate...
E tem aquele abraço feito de tijolo e concreto
que te envolve firme e nunca deixa a tempestae te levar.
Bom mesmo é saber que quando nosso teto desaba
a gente pode morar nos braços de amigos... braços abrigos.

(Karla Thayse Mendes - Aos amigos, embrulhado com papel de beijo - 06/06/09)

Feliz dia dos amigos, 
Um abraço bem apertado em cada um!

sábado, 3 de julho de 2010

Amor escondidinho...

Ilustração: Patrícia Metola

Vamos esconder o nosso amor?
Deixa assim, guardadinho só pra a gente.
Não espalha não meu amor, alegria alheia incomoda muita gente.
É que eu tenho tanto medo de perder você,
preciso tanto desse seu carinho.
Cude bem da gente viu?
E desse nosso amor escondidinho.

(Karla Thayse Mendes - 03/07/10)

"Não importa quanto vai durar - 
é infinito agora."

[Caio F.]