domingo, 3 de outubro de 2010

O que restou dela...

Ilustração: Wallcoo

Só ele era capaz de sentir o cheiro que exalava da alma dela, aquele cheiro que vinha de dentro, essência de amor. Ontem eu a vi caminhando pela praia e deu pena de olhar o vazio que ficou dentro do abraço dela e aquele brilho que ela tinha no olhar já não se via mais. O sorriso dela ficou no bolso da calça jeans daquele moço. Ah se ele soubesse que levou consigo a parte mais bonita do carinho dela, se ele soubesse que carregou todas as cores e deixou pra ela os dias pintados de cinza. Agora ela caminha pela praia aos domingos e tenta roubar um pouquinho da paz que vem do mar. Escreve qualquer coisa na areia, sussurra uma canção pra espantar os males e senta pra esperar o sol se pôr.

(Karla Thayse Mendes - 19/06/10)

"Amar é ter um pássaro pousado no dedo. 
Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, 
a qualquer momento, ele pode voar"
[Rubem Alves]

19 comentários:

  1. parabens pelas bela palavras...

    amei teu blog...

    bjao e otimo domingo pra ti

    ResponderExcluir
  2. Poxa... perfeito!!! Me deu vontade de chorar e ao mesmo tempo de acolher e afagar...

    ResponderExcluir
  3. Depois que ele se foi, ela mudou. Ela não consegue ver o mundo como o enxergava antigamente, agora tudo é trevas.

    ResponderExcluir
  4. Tem vezes que nos sentimos assim mesmo: roubados por quem mais amamos.
    ;)

    ResponderExcluir
  5. pois na tristeza da sua historia na vida ela ten mais iguais.. mais na dificultade esta o reto de se repor y partir pra frente e seguir lutando...

    saludos
    abracos
    otima semana

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida. Tudo bem?
    Como escreves bem... Emoção pula das letras, rs.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Karla, que lindo isso!!! Mesmo que triste!!!

    E a gente olha o mar, e canta Renato Russo:

    "E quando eu vejo o mar, existe algo que diz, que a vida continua e se entregar é uma bobagem".

    Um abração, minha flor!

    ResponderExcluir
  8. Oi Karla Flor...linda Flor!
    Amei sua linda mensagem, toca na alma
    de quem a lê...
    Vc é intensa nas palavras...
    Me vejo nessas linhas, nesse exato momento...
    Me emocionei profundamente...

    Beijos flor linda!

    ResponderExcluir
  9. que coisa triste e bonita!
    - pode este paradoxo?!
    - só pra quem vive em meio aos "pores de sóis".

    ResponderExcluir
  10. E que o pôr do sol lhe traga a paz que ele ñ soube cultivar...

    Beijos linda flor

    ResponderExcluir
  11. As pessoas vem e vão em nossas vidas e esquecem que do subir ao descer dos trens de nossas vidas elas podem levar muito ou até tudo de nós.

    Lindo.

    ResponderExcluir
  12. Dói, mas é bonito!

    Que bom que as lembranças bonitas permanecem! São elas que colorem os cantinhos que a vida teima em tornar cinza.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Texto lindo! Amei flore
    obrigada pela visita :D

    Beijosss

    ResponderExcluir
  14. Achei uma maneira de ganhar dinheiro pela net fazendo propaganda para uma empresa.
    Basta se cadastra nesse site: http://www.frpromotora.com/44566755
    Se ainda ñ estiver confiante pode dar uma olha nesse vídeo explica tudo.
    http://www.youtube.com/watch?v=zQrwIkcqFs4
    abc...

    ResponderExcluir
  15. Nossa, você escreve bem demais, adorei, define exatamente o que eu estou passando agora. Lindo demaaaais flor continue assim Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Acostumei-me tanto a passar aqui que, de repente, meus dedos me enganaram hoje, e, quando vi, não tinha digitado o meu próprio blog... Todos nós acompanhamos essa moça na praia, enquanto você a foi descrevendo, com os olhos silenciosos e o coração tocado por alguma coisa que nos é familiar. Pois quem não sofreu ou não soube desse sofrimento que leva alguém a passear pela praia, pelo parque, pelas calçadas do mundo, atrás de saber onde ficou seu sorriso, aquele que esta esquecido no bolso de uma calça jeans, e, como a melhor parte de nós, já não representa nada de especial para quem o leva sem saber sequer que o levou?... Se não me engano, vi essa moça andando pela praia, solitária, numa das madrugadas em que eu passeava por lá...
    Beijo carinhoso
    Lello Bandeira

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]