sábado, 31 de julho de 2010

Desamar...

Ilustração: Patrícia Metola

Devia de ser mais fácil desamar Sinhá,
tirar ocê daqui de dentro.
Mas aquele beijo debaixo do luar
num  sai do meu pensamento.

Eu inté já mandei sardade me largar Sinhá,
se mandar num pé de vento.
Pra mode essa minha dor sarar
e ter um fim o meu tormento.

(Karla Thayse Mendes - 28/07/10)

13 comentários:

  1. Devia ser mais fácil mesmo!

    Respostado no Barco, pode?

    ResponderExcluir
  2. Tein hora que amar doe.... na ausencia... na falta do outro sentir por perto.... verdade

    Saludos
    Abracos
    Otima semana

    ResponderExcluir
  3. Devia ser mais facil e mais humano. Quem inventou o amor devia ter inventado a formulazinha do desamor.


    bjos querida
    Lindo como sempre

    ResponderExcluir
  4. ¨Pra mode essa minha dor sarar
    e ter um fim o meu tormento.¨

    Num quero sará naum...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Ain que coisa mais linda esse poema.
    Também acho que deveria ser mais fácil desamar alguém...

    ResponderExcluir
  6. Que fofooooo!Adoro tuas escritas ;)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. "Devia ser mais fácil desamar..."
    Pena que somos humanos, frágeis, e precisamos tanto amar... ser amado...
    Lindo poema!

    Letícia

    ResponderExcluir
  8. Karla, Querida!!!
    Que coisa mais linda essa poesia!!!
    Isso mostra que a dor de amor atinge a todos, sem distinção.
    Quem nunca sofreu por amor, né...??? Que dor é essa que, mesmo sendo uma dor horrível, produz coisas tão lindas...
    Adorei o post!!! Parabéns!!!
    Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  9. que bonito texto :)
    tanta criatividade e originalidade :*

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]