quarta-feira, 31 de março de 2010

Segredos de uma Flor...

Ilustração: Rachelle Anne Milller
E nenhuma Abelha jamais havia provado do pólen daquela Flor. Toda vez que alguma se aproximava muito ela soprava bem forte, fazendo o bichinho voar pra longe. Talvez por medo de se apegar a qualquer Abelha e se machucar depois ou talvez por nunca ter encontrado a Abelha certa. Guardava no pólen seus segredos mais íntimos e a gente não sai por aí revelando nossos segredos mundo à fora. No pólen, bem guardadinhos... Um dia aparece uma Abelha especial, e quando esse dia chegar ela vai reconhecer de longe, pelo zumbido, pelo som do bater de asas, ou pelo cheiro docinho do mel, de alguma forma ela vai saber que é a Abelha certa.


(Karla Thayse Mendes - 05/02/09)
"...ela estava recheada de flores.
É que no fundo, existem coisas que são só dela."

[Caio F.]

9 comentários:

  1. ai que linda essa historinha, amei....

    Na minha vida e acho que na de muitas pessoas anda apareceram tmb várias abelhinhas, mas temos que reconhecer "aquelas"

    Beijos, ótimo feriado!

    ResponderExcluir
  2. Ah, que linda!
    Cheia de verdades! :)
    Adorei karla!

    ResponderExcluir
  3. Li certa vez, que entre o certo e o errado esta o que a gente acredita.

    Gosto do teu jeito doce de se derramar nas palavras.

    Bj0 grande flor!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Karla!
    Tenho certeza de que há asas voando em sua direção!

    Feliz Páscoa!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Let... amei essa historinha!!! Abelhas certas são aquelas que como vc, iluminam a vida e sabe dá a ela, um gostinho doce. te amo!
    ;*

    ResponderExcluir
  6. Ficou muito bom. Obrigado pelo apoio, Karla. Não desejo para ninguém o que eu passei.

    ResponderExcluir
  7. É bem verdade.
    Sempre há uma flor à espera duma abelha que a saiba desvelar. As duas trilharão um caminho lindo, o dos frutos.
    Passarei pelos sue textos mais vezes. Este é lindíssimo!

    ResponderExcluir
  8. "de alguma forma ela vai saber que é a Abelha certa"

    Eu sei que vai.

    Beijos

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]