domingo, 24 de janeiro de 2010

O amor não é pra qualquer um...

Ela cravou as maos no peito com toda força. Queria rasgar as estruturas e arrancar de vez do coração aquela dor terrível. Desde o início ela sabia que iria se machucar como sempre foi, mas o coração insistiu tanto, e dessa vez ele tinha um sorriso tão cheio de esperança que a menina se encheu de fé e deixou o amor entrar. E o amor veio tão lindo e vestido de uma felicidade com a qual a menina jamais sonhara. Então ela desarmou o coração, ficou leve... Amou de verdade. Mas ninguem tinha lhe falado que o amor sempre chega e vai embora e ninguem tinha lhe explicado como isso machuca a alma. E agora chora ali sentada. Seus braços são fracos de mais pra carregar o peso dessa dor. Pobre menina, o amor de verdade não é para todos e pra ela pode não ser. Talvez agora ela aprenda isso de uma vez.

(Karla Thayse Mendes - 19/01/10)
"Uma vez me disseram
que eu jamais amaria de um jeito
que "desse certo"...
Pode ser.
Pequenas magias."

[Caio F]

3 comentários:

  1. Mas é preciso carregar e viver, pois de nada adianta fugir ou se esconder.

    ResponderExcluir
  2. É difícil conviver com o amor e a dor...
    Mas aprendemos muito!

    Um beijo com meu carinho

    ResponderExcluir
  3. Oi, Karla.

    Vim agradecer a sua visita e me encantei com o teu espaço. Que coisa linda!

    Menina, te dizer uma coisa, sentindo na pele que essa coisa de amar não é pra qualquer pessoa... e descobrindo da forma mais difícil isso. Parabéns pela postagem...

    Voltarei mais vezes, com certeza!
    Beijos

    Patrícia Lara

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]