quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Em matéria de amizade...

Ilustração: Sofia Monteiro
E depois de passar pela História da Enfermagem, aprendi que os Fundamentos que regem a felicidade são permeados do carinho que se tem e pode-se doar em cada segundo de uma verdadeira amizade. Bioestatisticamente falando, não há dados nem medidas reais capazes de determinar com exatidão o bem que vem de vocês até mim. Vocês fazem mais bonita a Fisiologia do meu coração e multiplicam minha liberação de endorfinas a cada sorriso. Se um dia eu for acometida por qualquer tipo de tristeza ou Patologia, sei que posso contar com o princípio ativo do carinho de vocês. E se porventura, algum dia, qualquer um de vocês sofrer uma parada cárdio-respiratória de coragem, estarei aqui para reanimar Emergencialmente. Que o encaixe perfeito da Anatomia das nossas mãos não se desfaça ao longo dos caminhos impostos pela vida e que o tempo não reduza algo tão especial a meras lembranças de tempos de faculdade.

(Karla Thayse Mendes - 25/11/09 - Aos meus colegas amigos, com meu carinho.)

7 comentários:

  1. Amigaaa... ameei de coração! Tô aqui emocionadaa!

    ResponderExcluir
  2. Estou sem palavras...Puro talento essa garota!!
    A recíproca é verdadeira viu??

    ResponderExcluir
  3. Owww... Ficou tão lindo!
    Só quem tem sabe o real valor de uma amizade.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Fico muito interessante a sua postagem...Adorei!!!
    Que cada dia que nasce,
    seja uma dádiva em seu destino!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  5. Uma bela homenagem...
    Aos amigos que se cruzam na nossa vida.

    Um óptimo domingo para ti.
    Rolando

    ResponderExcluir
  6. KARLA THAYSE,o seu nome já é uma pétala de flor. Muito bonito.

    Muito mais ainda o seu texto, ,parabês KARLA THAYSE.

    Estou no entanto, pedindo-lhe um favor para que dê sua opinião lá no meu blog "FOTOFALADA", pois preciso decidir entre entre propostas rececebidas.

    Conto com você.

    Um abração carioca!!!

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]