domingo, 16 de agosto de 2009

Triste plantação...

Ilustração: Jana Magalhães
Ele chorou,
uma pequena lágrima caiu no colo da Terra fértil.
Nasceu então, um pé de tristeza ali.
Tristeza também se planta,
cabe à ele agora arrancá-la pela raiz
com as mãos do coração.

(Karla Thayse Mendes - 02/08/09)

7 comentários:

  1. Que lindo aqui :)
    Tão simples, tão doce.
    Adorei.
    Ficam meus suspiros aqui.
    Estou te seguindo, um beijo ;*

    ResponderExcluir
  2. Simples assim se começa uma plantação de tristeza, que passa a ter raízes de amargura, dificílimas de se arrancar, uma das piores ervas daninhas do homem.
    lindas palavras, sábias e ternas.
    bjs, ótima semana pra ti
    Chris

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema!

    Triste, mas muito bonito.

    ResponderExcluir
  4. Que ele tenha força para plantar novas sementes que alegrem o coração!

    Um beijo carinhoso para você!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. E quando uma planta ruim cresce faz sobra nas sementes boas,assim elas nãos e desenvolvem.
    Quando se arrancar pela raíz a boa semente terá mais iluminação e mais espaço pra se desenvolver,daí é só continuar a cultvar essas boas sementes que as ruins não se desenvolverão mais.=)

    Belo poema.=)
    Parabéns.
    Esse cheiro de primavera me encanta,sempre.
    =)

    =*

    ResponderExcluir
  7. menina que blog fofo, adorei as imagens que você escolheu para por aqui!
    *-*

    bjao

    ResponderExcluir

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]