sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Uma certa Flor amarela...

Ilustração: Dudadase
Quando eu achei que meu jardim já estava todo florido, nasceu uma Florzinha amarela debaixo do pé de jambo pra me ensinar em lá maior uma cantiga bonita de amizade. E já na primeira primavera eu pude notar que ela não era apenas mais uma no meio de tantas outras Flores...era especial. Meu dia ficou mais iluminado quando ela soltou um sorriso de Flor desses bem largos que clareou tudinho, então foi-se embora o medo da escuridão. Todos os dias de manhã cedinho eu encho meu regador de carinho e rego pra cultivar, quero por muitas e muitas outras primaveras olhar pela janela que dá para o jardim e ver aquela Florzinha ali no cantinho, sorrindo e cantarolando aquela canção, fazendo meu jardim mais bonito e muito mais feliz.

(Karla Thayse Mendes - 12/02/09 - Para uma amiga-Flor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]