sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Aviãozinho de papel...

Ilustração: Irisz Agocs
Quando Davi aprendeu a fazer um aviãozinho de papel decidiu sair voando por aí. Tirou a coragem mais sorridente que tinha no bolso e decolou, subiu até o céu azul sem fim. Num vôo pleno, passeou por entre as nuvens e viu que elas eram mesmo feitas de algodão. Acompanhou um grupo de gaivotas que por ele passou e encantou-se com aquele exemplo de amizade. De lá de cima a terra era tão pequenina quanto sua bola de gude azul. Davi sentiu-se grande por dentro e por fora, na mente e no coração. E quando o sol começou a bocejar ele foi descendo até pousar devagarzinho no quintal da sua casa, com cuidado para não machucar as flores do canteiro. E antes de dormir ele guardou o aviãozinho debaixo da cama, caso quisesse voar outras vezes.

(Karla Thayse Mendes - 10/02/09)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam pra você." [Vanessa Leonardi]